quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Minha Retrospectiva 2012! - Parte I


2012 foi um ano muito especial para mim. Depois de pensar muito, cheguei à conclusão de que não foi o melhor ano da minha vida, mas foi nele em que vivi os melhores momentos dela. Então vou tentar resumir da forma mais resumida possível, pois tenho certeza de que nunca conseguiria descrever com palavras tudo o que estes acontecimentos inesquecíveis me proporcionaram (e quem me conhece sabe que não sou nenhuma mestra na arte de ser sucinta). Let's go! 



1. Virada do ano com as melhores amigas do mundo!
Foi a primeira vez que não passei a virada de ano com a minha família! Claro que dei uma passada na casa da minha prima, mas na virada em si, eu estava ao lado das minhas melhores amigas (passamos meia hora na casa de cada uma, antes de ir ver os fogos; até hoje não acredito que conseguimos essa proeza!). Também foi a primeira vez que dirigi tendo minhas amigas do colégio como passageiras! Posso afirmar que foi uma das noites mais loucas da minha vida e até hoje não entendo como uma coisa que deu tão absurdamente errado pode ter sido tão sensacional. Esse primeiro dia do ano me energizou até o final de 2012.



2. Estágio de férias
Não estou exagerando ao dizer que o mês de Janeiro de 2012 foi o melhor de toda a minha vida. Foi a primeira vez que passei as férias na faculdade, mas foi nada menos do que maravilhoso. Além do estágio que fiz com os cervídeos (que me rendeu a iniciação científica tão almejada no mesmo grupo de pesquisa e o fato das pessoas passarem a associar veados comigo), vivi coisas que nunca imaginei ao lado dos meus companheiros de estágio (as amizades mais sinceras e intensas que fiz em tão pouco tempo). Superei medos, ganhei confiança, me provei capaz. Venci preconceitos que nem sabia que possuía, abri minha mente e passei a admirar ainda mais certas pessoas. Mudei minha visão de mundo. Desculpem, mas preciso colocar mais fotos deste mês inesquecível.

Cursos inimagináveis!

Pessoas maravilhosas a quem desejo todo o sucesso do mundo.

Animais e os ensinamentos maravilhosos que eles proporcionam.

Altas aventuras, haha. 

Eu e as meninas do estágio até fomos fantasiadas de veado à tradicional festa à fantasia da faculdade!


3. Primeiro churrasco oficial da turma
Crises existenciais, sociais e profissionais à parte, digo sem hesitar que amo a minha turma de faculdade. Afinal, estamos todos no mesmo barco (um tanto furado e balançante) e é ao lado dessas pessoas que passo os anos mais difíceis - e, ainda assim, os melhores - da minha vida. Chegar sozinhos à uma cidade estranha, cheia de pessoas desconhecidas e de costumes chocantes. 

Eles sabem exatamente como é. 


olha eu ali no cantinho esquerdo!

4. InterUNESP!
O InterUNESP deste ano foi especial porque 1. foi o meu primeiro e 2. foi na cidade da minha UNESP! Foi sen-sa-cio-nal. 4 dias de festa. Dia e noite. Muita, muita, MUITA gente. Música boa (o que é um grande feito, para essa cidade onde o sertanejo predomina!). E o melhor de tudo: ver todos esses unespianos conhecendo as nossas tradições. Todas as faculdades tem as suas peculiaridades, mas a nossa tem tradições muito fortes (e numerosas!). Os apelidos, as plaquinhas, as músicas ajoelháveis, as frases proibidas. Não dá pra explicar com palavras, então deixo mais algumas imagens:


Eu queria MUITO ter conseguido alguma das "fotos de integração" que tiramos. Vou explicar. Teve várias vezes em que fomos tirar fotos e foi juntando gente (desconhecida mesmo, entrando na foto na maior cara de pau, haha), até que juntava MUITA gente, tipo umas 30 pessoas de várias UNESPs para tirar a foto! Também tem fotos da festa à fantasia e da festa do branco (todos tinham que ir de branco para comemorar o último Reveillon, já que o mundo ia acabar) no meu celular, mas não tem como passar pro computador ):


5. Reencontro com meu melhor amigo 
Acho que, de todas as mudanças que sofri nesses 20 anos, tem uma única coisa que nunca mudou: o valor que dou a uma amizade verdadeira. Sempre fui solitária, mas de uma forma estranha, como se a solidão fosse algo de dentro para fora. Isso faz com que muitas pessoas (algumas bem próximas) me vejam como fria e distante. Mas quem me conhece de verdade (e posso contar essas pessoas nos dedos de uma mão) sabe que não é nada disso. Ou, pelo menos, eu gostaria que soubesse. E arrisco dizer que o Jhonatta é essa pessoa que me conhece. Mais do que isso, é o único que já me permitiu ser exatamente quem eu sou em sua presença. E eu acho que eu nunca o deixei saber disso da forma certa. Eu tenho medo de te-lo machucado com o meu egoísmo, meu péssimo hábito de fugir de tudo o que acredito não poder enfrentar. E o medo de machuca-lo mais é ainda maior. Não sei se ele vai ler isso algum dia, mas gostaria que ele soubesse que o único dia que passamos juntos foi a única vez, neste ano, em que me senti real. Ok, isso é estranho. E eu sei disso.  

Bom, está ficando meio grandinho, então vou terminar no post que vem com os outros acontecimentos! Até lá! ;)


16 comentários:

  1. Seu ano parece ter sido muito especial =)

    Apesar de não conhecê-la pessoalmente, te acho muito querida e autêntica ^^~

    Que 2013 seja ainda melhor! =D~

    =***

    ResponderExcluir
  2. Foi um ano muito especial e cheios de mudanças ao que parece ;D Espero que 2013 seja ainda melhor e que você aproveite cada momento ;D

    lovelyblogcarol.blogspot

    ResponderExcluir
  3. Poxa, obrigada, Dani! Desejo um maravilhoso 2013 para você também!

    Foi sim, Carol, cheio de mudanças! Desejo o mesmo para você em 2013!

    ResponderExcluir
  4. Que 2013 seja bem melhor!

    mariananathali.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. "Mas quem me conhece de verdade (e posso contar essas pessoas nos dedos de uma mão) sabe que não é nada disso." sou algum desses dedos, né? UHSUAHSUASHA
    Awn sis, que bom que 2012 foi tão maravilhoso pra vc, fico tão orgulhosa!

    ResponderExcluir
  6. Espero que sim, sis, vc sabe q eu sou uma pessoa muito boa e legal, né? ASHUSHAUHAS E nem um pouco convencida. Obrigada, sis!

    ResponderExcluir
  7. Não-seu-melhor-amigo2 de janeiro de 2013 18:08

    Hunf, Jhonidojnagndkgfgnktta

    Who cares? Mas eu sou o melhor amigo da Debbie (só porque eu sei que ela nem lê seu blog e nem vai desmentir ò.ó)

    ResponderExcluir
  8. ela não lê, mas a luuh lê! ASHUASHUAHSUHAS

    ResponderExcluir
  9. Melhor-amigo-da-Luuh-e-da-Debbie2 de janeiro de 2013 18:28

    Também sou o melhor amigo da Luuh ò.ó

    ResponderExcluir
  10. Não, o melhor amigo da Luuh agora é o Creito ò.ó Ou quase isso.

    ResponderExcluir
  11. Ok, eu sou o melhor amigo da Debbie ò.ó É fácil ser o melhor amigo da Debbie, porque praticamente todos os outros candidatos potenciais a melhor da Debbie (Lucas, Klayton, Theo, Marcos, Luuh, Meggie) viraram peguetes dela ;D

    ResponderExcluir
  12. AHSUHUASHAUSHUAS Desde quando o Klayton é peguete dela? Ou a Luuh?? HASUHUSAHUAHSUHSA

    ResponderExcluir
  13. IDUHASIUDHASIUDHASIUDAHS TO MORRENDO SOS
    Eu sou peguete da Debbie, não sei o klayton q

    ResponderExcluir
  14. Klayton não é mais meu melhor amigo, ele me abandonou )))):

    ResponderExcluir
  15. Ele nos abandonou a todos ): Ou foi abduzido por ETs. E se foi isso o que aconteceu, vou matar ele por não ter me levado junto! Como assim, não me apresenta os amigos ETs? ò.ó

    ResponderExcluir

Oi, queridos! Aqui é seu espaço, podem colocar os pés no sofá.