quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Hoje é Aniversário da Hermione Granger!


 Sabe, Super Sev (ou André, como tenho te chamado mais frequentemente, já q gosto do nome), há tempos eu não escrevo um recado de feliz aniversário com tanto prazer quanto estou escrevendo o seu (se é que já senti prazer em escrever recado de feliz aniversário pra alguém um dia kk).
 Sabe por que? Porque eu fico feliz em saber que vou poder te dizer tudo o que você significa para mim. Claro, toda vez q a gente se fala (praticamente todos os dias), eu digo mil coisas. Digo que te amo, que te odeio, que você é um macuco, enfim. Muitas coisas. E todas elas são verdade. Mas agora, nesta data especial para muitas pessoas (o dia que o André veio ao mundo, OMG), quero que você saiba que poucas vezes cheguei a realmente confiar em um amigo ou amiga. Que poucas vezes cheguei a realmente sentir falta de determinada pessoa (falta de verdade, e não impressão de q pessoa está me abandonando, esta última é frequente), como senti quando a gente brigou ou quando não posso entrar para falar com você. Enfim, com tudo isso eu quero dizer o quê? Não sei, já me perdi, deixa eu voltar e ler do começo pra lembrar kkk. Ah tá, então, o que quero dizer é que você é uma pessoa que eu nem sei direito que aparência tem (2 fotos não são o suficiente), mas que já posso dizer que conheço e amo. Você é um dos poucos amigos que considero de verdade e nunca cheguei a ouvir sua voz. Enfim, você já tem seu lugar na minha vida.
 Sem perversões agora (MOMENTO RARO, APROVEITA!!), te amo como um amigo de verdade, que me escuta, me faz rir, briga comigo, capaz até de saber o q eu vou dizer/fazer em certas horas. Isso pra mim, é amizade, e é o que eu tanto procuro em cada pessoa que conheço. Então te amo como um amigo e até como a um irmãozinho mais novo (ow, q cuti cuti), que me pentelha muito, mas que me faz feliz sempre!
 Não queria cair nos velhos clichês de sempre, de dizer que pode contar comigo, que espero que você seja muito feliz e realize todos os seus sonhos e blablabla, pois acredito que você saiba que eu desejo para você o melhor que o mundo tem para oferecer. Principalmente a parte do realize seus sonhos. Você é uma das pessoas que realmente merece ser feliz, e pode contar sempre com a minha ajuda para isto no que for preciso.
 Sem mais delongas, pois toda vez que começo a escrever algum texto para alguma pessoa, tenho a impressão de que é a última vez que falo com a pessoa (ai, tenho que parar com esses pensamentos mórbidos), e eu quero continuar te enchendo o saco por muito tempo ainda... Feliz Aniversário, André, e feliz todos os dias de sua vida, sem exceção.

 Com muuito amor, carinho, afeto & alpacas.
 Beatriz
 ou Super Ethi
 ou Tomoyo
 ou o q vc quiser.
19/09/11


É, Andy, pois é (ASHUASHUA!!!). Antes que você pergunte por que raios tenho isso guardado, saiba que guardo grande parte das coisas que escrevo, principalmente quando considero o texto especial. Mas acredito que você já saiba que eu tenho mania de “colecionar” coisas, não somente textos. Por exemplo, gosto de guardar lembranças específicas, como das circunstâncias que fizeram uma pessoa entrar na minha vida. Sei que já te contei essa história, mas provavelmente não com tantos detalhes, então vamos lá:

Eu estava no meio de meu segundo ano da faculdade. A tão esperada sensação de realização e certeza de estar no caminho certo ainda não tinham chegado, conforme me prometeram. E eram férias de julho. Ao mesmo tempo em que caía a ficha de que eu tinha feito uma escolha errada, se tornava cada vez mais evidente que a minha vidinha de antes, meu antigo porto seguro, tinha cada vez menos a ver comigo. Eu estava de volta à minha cidade, mas minhas melhores amigas já tinham programas marcados com seus novos melhores amigos. É claro que eu não poderia culpa-las, uma vez que eu também tinha meus novos melhores amigos. Só era estranho que eles estivessem em suas próprias cidades, curtindo sua própria antiga vida. Na minha família, os mesmos problemas de sempre, com a diferença de que agora eu estava “bem”, fazendo faculdade e aprendendo a ser independente, estudando para ser “doutora de bichinhos”. Mas a verdade é que eu não tinha mais o meu lugar ali e não conseguia me encaixar de jeito nenhum no novo. Eu estava sozinha como achei que nunca mais estaria. E porque estava me perdendo, comecei uma busca pelo que acreditava ter deixado para trás. Tinha acabado de ler Harry Potter e sentia falta da época em que sonhava em ser escritora, então comecei a escrever If I Let You Love Me.
 Publiquei o primeiro capítulo no dia 31 de julho porque era aniversário da J. K. Rowling e do Harry Potter e também meu último dia de férias. Não pude deixar de perceber, entretanto, que outra fanfic que seguia exatamente a mesma linha tinha começado a ser postada no dia anterior e comecei a acompanhar. Alguns dias depois, já em Jaboticabal, resolvi deixar um comentário (relutei até então porque meu objetivo nunca havia sido interagir com as pessoas). Quando dei por mim, tinha reativado meu MSN para conversar com uma pessoa com um perfil um tanto ~peculiar~do Orkut e mesmo que a energia do meu prédio tenha sido sugada por dementadores, você ficou comigo até o triângulo maligno (com um X!) aparecer. Bom, acho que você já sabe o resto a partir daqui.

Nós somos pessoas TÃO diferentes do que éramos naquela época, Andy, mas ainda hoje me sinto grata por aquele dia. Porque você ter se tornado meu amigo (e, mais para frente, a Debbie) fez toda a diferença. Por mais que na maioria das vezes nossos papos não alcançassem a profundidade de uma faca, eu tinha novamente uma pessoa com quem sentar e falar sobre o que quisesse. Sem saber, você me devolveu o que eu tinha perdido: um espaço onde podia ser eu mesma. 

Peço desculpas por escrever um texto de aniversário para você e só falar sobre mim, mas é minha forma de dizer que você é parte importante da minha vida. A verdade é que você já me ajudou tanto, Andy, em todas essas fases pelas quais passamos, que eu quero agradecer por isso, mas não quero que você pense que é “só” por isso que gosto de você. Às vezes acredito que você tem uma boa noção de seu valor, uma vez que tem o dom de fazer juízo certo das pessoas, mas talvez o mesmo não valha quando se trata de si mesmo. Também não acho que você iria gostar se eu ficasse enumerando suas qualidades, pois seria superficial e não são só por causa delas que gosto de você. Gosto de seus defeitos, também. É por isso que me contento em dizer que gosto de você pelo mesmo motivo que gosto da Debbie: por vocês serem quem são. Vocês despertam a minha admiração e empatia, minha curiosidade a respeito de suas ideias e maneira de ver o mundo, meu respeito e, acima de tudo, minha gratidão por me deixarem “crescer” ao seu lado.

Sei que você tem esse jeito fechado, Andy, e não quero de forma alguma invadir um espaço que não é meu, mas saiba que você nunca precisará se sentir sozinho, porque você não está. Apenas me deixe saber caso um dia precise de ajuda. E, quando não precisar, apenas me deixe continuar sendo sua amiga, porque eu adoro Feliz aniversário!

E, bom, eu sei que você não gosta de receber parabéns, então repare que em nenhum momento (nem no texto de 2011) te dei parabéns de fato.  Mas parabenize sua mãe por ter te aguentado esses 19 anos e 9 meses se quiser, ela realmente merece.

Com muito amor, carinho, afeto & alpacas.
 Beatriz
 ou Cukiduki
ou Isquismiguim
 ou o q vc quiser.
19/09/31

P.S.: Era pra ser um troço sério, mas aí eu resolvi colocar essas imagens e agora tô rindo até a morte

6 comentários:

  1. NOSSA! KKKKKKKKKKKKKKKK Eu juro que nem esperava por isso quando entrei aqui. E nem ia falar nada também, porque eu odeio ficar chamando atenção pro meu aniversário. Ok, em tempos passados eu criei um tópico sobre isso, mas foi um lapso. Não dá nem pra dizer que eu mudei em relação a isso, porque eu já odiava antes. Só que de vez em quando eu tenho uns lapsos e gosto de chamar atenção pro meu aniversário. Isso já aconteceu antes com 9 anos, quando eu tive minha única festa de aniversário (por livre e espontânea vontade masoq).

    Enfim, voltando ao assunto (tenho a impressão que vou fugir do foco algumas vezes, só pra variar KKKKKKKK), realmente não imaginava ou esperava por isso porque nem achei que você fosse lembrar. Não posso dizer que gostei efetivamente porque eu acho meio solitário e idiota ficar *feliz* porque lembram de você, mas fiquei realmente surpreso.

    (estou tentando entender a foto da Luna aí ainda KKKKKKKKK As outras eu entendi)

    Nossa, ri muito lendo isso KKKKKKKKKKKKKKKKK Um monte de gente escreveu (por livre e espontânea pressão) e eu não guardei de ninguém (y)

    "que você é um macuco"

    ISSO! Estava tentando lembrar desse bicho esses tempos (lê-se mês passado)! Lembrava da alpaca e do marreco mandarim, mas desse aí não KKKKKKKKKKKKKK

    " Sem mais delongas, pois toda vez que começo a escrever algum texto para alguma pessoa, tenho a impressão de que é a última vez que falo com a pessoa (ai, tenho que parar com esses pensamentos mórbidos)"

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Cruzes KKKKKKK

    "Antes que você pergunte por que raios tenho isso guardado"

    Achei que você tinha pego no Orkut, na verdade KKKK Mas é uma boa coisa guardar, porque nunca se sabe quando o Orkut sumirá. Pode ser a qualquer hora.

    Não tem problema em contar de novo a história. Você conta tantas histórias (e, não, não é uma crítica, porque você sabe que eu adoro, tanto que sempre peço histórias u_u) que eu já nem lembro de todas, então sempre acaba sendo uma novidade KKKK

    "Alguns dias depois, já em Jaboticabal, resolvi deixar um comentário (relutei até então porque meu objetivo nunca havia sido interagir com as pessoas)"

    +1

    Aliás, até agora me perguntou como eu cheguei numa comunidade de fics e postei e enfim... Foi uma sequência de eventos muito bizarra que tá meio nebulosa na minha cabeça.

    "mesmo que a energia do meu prédio tenha sido sugada por dementadores, você ficou comigo até o triângulo maligno (com um X!) aparecer"

    Foi um dia épico. Eu não quero parecer extremista ou como aquelas pessoas que falam no auge do momento (porque quase nunca é verdade), mas foi uma conversa que marcou o início de uma era.

    "Nós somos pessoas TÃO diferentes do que éramos naquela época, Andy"

    SIIM! Aproveito para abrir parênteses (eu sempre abro, ok): Já faz um tempo que eu observo que sempre acho a minha versão passada extremamente idiota e eu sei que num futuro eu vou achar a minha versão presente idiota também, mas eu nunca entendo o motivo. Depois de uns dois anos eu entendo claramente KKKKKKKKKKKK Que nem agora, eu sei que ainda vou me achar idiota, mas realmente não sei o porquê.

    "Por mais que na maioria das vezes nossos papos não alcançassem a profundidade de uma faca"

    Nem mesmo uma de plástico.

    "Sem saber, você me devolveu o que eu tinha perdido: um espaço onde podia ser eu mesma. "

    +1

    "Peço desculpas por escrever um texto de aniversário para você e só falar sobre mim"

    Você sabe que eu prefiro assim KKKKKKKKKKKK E você sabe que não seria capaz de fazer de outro jeito KKKKK

    ResponderExcluir
  2. "Também não acho que você iria gostar se eu ficasse enumerando suas qualidades, pois seria superficial e não são só por causa delas que gosto de você. "

    E eu não ia saber responder isso u_u

    "Sei que você tem esse jeito fechado, Andy, e não quero de forma alguma invadir um espaço que não é meu"

    Não invadiu KKKKKK O texto flutua sobre você, sobre a nossa amizade e essas coisas, mas em nenhum momento enfoca em mim u_u

    "E, quando não precisar, apenas me deixe continuar sendo sua amiga, porque eu adoro"

    Idem s2 (o jeito mais frustrante de responder uma mensagem de cunho emocional KKKKKKKKKKK Sorry!)

    "E, bom, eu sei que você não gosta de receber parabéns, então repare que em nenhum momento (nem no texto de 2011) te dei parabéns de fato. Mas parabenize sua mãe por ter te aguentado esses 19 anos e 9 meses se quiser, ela realmente merece."

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    "19/09/31"

    Veja pelo lado bom. Em 2031, você não terá que dar parabéns.

    "P.S.: Era pra ser um troço sério, mas aí eu resolvi colocar essas imagens e agora tô rindo até a morte"

    As imagens foram a cereja em cima do bolo (mas não de aniversário) KKKKKKKKKKKKKK

    --//--

    Bom, eu não tenho muito mais o que complementar. Foi, de fato, muito bom ler o texto, relembrar alguns aspectos desses 2 anos que passaram e que teve tantos momentos tão diferentes que pareceram pelo menos uns 5 anos, na verdade. Mas eu costumo ver a nossa amizade (eu acho amizade uma palavra cheia de cargas emocionais e mimimi, então prefiro evitar, mas ok KKKK) como algo crescente e em constante evolução, uma evolução que afeta não só a amizade propriamente dita como também as nossas vidas. Eu me pergunto o que aconteceria se não tivéssemos nos conhecido (meio clichê a pergunta, mas que gera respostas bem curiosas). Se eu estaria estudando com tanto afinco (modéstia a parte, se estudar com afinco for uma virtude efetiva o.õ) ou mesmo se teria decidido o que queria fazer. Eu sempre fui autossuficiente para os meus problemas, no geral, então quase nunca peço ajuda. Mas eu me utilizo dos outros como uma analogia para os meus problemas e normalmente consigo me organizar mentalmente para resolvê-los e evitá-los. Então vocês, pessoas tão problemáticas (sorry) sempre foram uma mão na roda. Mas enfim, às vezes eu estaria mesmo não tendo conhecido vocês. Quem sabe, talvez até tivesse passado, porque a nossa amizade, especialmente em 2011, me custou muitas horas de estudo, já que eu ia dormir as 4 da manhã e acordava as 6 D: Foi um ano bem doido, me senti um adolescente rebelde que fica a madrugada inteira acordado. Hoje nem sei como eu fazia isso. Você está percebendo que eu já fugi totalmente do foco da conversa, eu acabei de perceber isso, mas vou retomar.

    Eu acho que apesar de tudo, esses dois anos, e todos os momentos que passamos, foram um fator diferencial para chegarmos onde estamos hoje. Eu nunca valorizei muito amizade e até hoje não valorizo, mas sou eternamente grato por tudo que já passamos e espero que passemos por muito mais!

    (fim do texto-última-vez-que-falo-com-você)
    (foi escrito corrido, então provavelmente deve estar confuso. É a ordem que as coisas passam pela minha cabeça KKKKKKKKKKKKKK Não precisa nem responder)

    ResponderExcluir
  3. Aliás, não faço ideia de quem é Masatoshi Koshiba, só sei que nasceu no mesmo dia que eu. Assim como Paulo Freire (mas ele eu conheço).

    ResponderExcluir
  4. "NOSSA! KKKKKKKKKKKKKKKK Eu juro que nem esperava por isso quando entrei aqui. E nem ia falar nada também, porque eu odeio ficar chamando atenção pro meu aniversário."
    ASHUASHUASHUAS Adorei saber que foi surpresa! Pq eu só lembro e dou parabéns no aniversário de amigos nível melhores amigos (Com pessoas "normais", mesmo eu sabendo que é aniversário delas não dou parabéns. Nem se acabaram de soltar na minha frente que é aniversário de fulano e o fulano tá ali, como vive acontecendo). E uma coisa que me emputece é quando eu lembro do aniversário do amigo em questão (geralmente uns dias antes) e fico ruminando "dia tal é aniversário do fulano, não posso esquecer, quero dar parabéns", aí a pessoa me "lembra" um dia antes tipo "Ow, amanhã é meu aniversário, viu? Não esquece de me dar parabéns". Tipo PO, PERDEU TOTAL TA GRAÇA, SEU INSENSÍVEL Ò.Ó Mas enfim, to brigando de novo com pessoas imaginárias, próx topico.

    "Não posso dizer que gostei efetivamente porque eu acho meio solitário e idiota ficar *feliz* porque lembram de você"
    Vc realmente precisa tratar desse distanciamento emocional condicionado um dia e_e

    "(estou tentando entender a foto da Luna aí ainda KKKKKKKKK As outras eu entendi)"
    Quis ser aleatória, me deixa

    "Um monte de gente escreveu (por livre e espontânea pressão) e eu não guardei de ninguém (y)"
    Ah, vc é uma bitch

    "Lembrava da alpaca e do marreco mandarim, mas desse aí não KKKKKKKKKKKKKK"
    Eu também não lembrava! Confesso que nem sei mais o que é um macuco o.o

    "+1"
    Segundo a nova ou a velha matemática?

    "Aliás, até agora me perguntou como eu cheguei numa comunidade de fics e postei e enfim..."
    Tb me pergunto isso, na verdade ASHUASHUA

    "Foi um dia épico. Eu não quero parecer extremista ou como aquelas pessoas que falam no auge do momento (porque quase nunca é verdade), mas foi uma conversa que marcou o início de uma era."
    Sim! Deveriam dividir a história da humanidade em Antes da Conversa Épica e Depois da Conversa Épica (aCE/dCE)

    *Sobre a teoria da versão idiota do passado* +1 totaal! Na verdade eu até tenho uma ideia do que a eu do futuro possa achar idiota na eu do passado (atual eu do presente), mas já errei essa previsão algumas vezes.

    "Idem s2 (o jeito mais frustrante de responder uma mensagem de cunho emocional KKKKKKKKKKK Sorry!)"
    ASHUHASUHASUHAS ok, o mais bizarro é que seu "+1" ainda é mais significativo do que seu "idem s2"

    "Veja pelo lado bom. Em 2031, você não terá que dar parabéns."
    Sim! Seria completamente engraçado se em 2031 a gente não tivesse mais contato, mas eu me lembrasse disso, pq ia ficar com vontade de dizer: "há! não vou te dar parabéns esse ano porque já dei em 2013", mas não teria como ASHUASHUAHSUAS Tá, não seria engraçado, seria horrível õ.o Preciso me lembrar de não me lembrar disso

    "(eu acho amizade uma palavra cheia de cargas emocionais e mimimi, então prefiro evitar, mas ok KKKK)"
    *detector de distanciamento emocional apita*

    "Foi um ano bem doido, me senti um adolescente rebelde que fica a madrugada inteira acordado."
    Totalmente v1d4 l0k4 vc

    "Eu nunca valorizei muito amizade e até hoje não valorizo"
    *detector de distanciamento emocional apita loucamente*

    "Aliás, não faço ideia de quem é Masatoshi Koshiba, só sei que nasceu no mesmo dia que eu."
    Agora sabemos! ò.ó/ E é um cara super boring D:

    ResponderExcluir
  5. Guardei essa resposta pro próximo comentário pq ficou grande demais e não coube no outro:

    Eu passo bastante tempo pensando nisso também, em como seria minha vida hoje se eu não tivesse conhecido vocês. Se for levar como máxima que coisas que aconteceram comigo principalmente ou exclusivamente por culpa de vocês não teriam acontecido se eu não os tivesse conhecido, eu posso chegar a algumas conclusões: provavelmente teria trancado a faculdade (porque não teria com quem desabafar e me apoiar nas crises com o curso), não teria uma hamster, não teria pintado o cabelo de rosa, não teria aprendido a andar de patins, talvez nem tivesse me interessado por animais silvestres ou ido no congresso da ANEL, que foi onde nasceu meu interesse político. Mas talvez todas essas coisas já estivessem "agendadas" para acontecer e aconteceriam de um jeito ou de outro, só que sob outras circunstâncias. O que também me faz pensar que talvez, se eu não os tivesse conhecido da forma que os conheci, teríamos nos conhecido de todo jeito, só que sob outro contexto. Certo, eu amo criar situações hipotéticas e destrinchá-las a fundo, tentando seguir todos os "sentidos lógicos" possíveis, então vou parar por aqui.

    ResponderExcluir
  6. Hoje faz 9 anos desde o começo de LOST, aliás22 de setembro de 2013 16:55

    "[o primeiro texto seu]"

    Eu dou parabéns sempre que lembro. Para manipular pessoas, é preciso deixá-las felizes RUM E todo mundo gosta de receber parabéns, porque todo mundo adora ser foco de atenções -.-

    "Vc realmente precisa tratar desse distanciamento emocional condicionado um dia e_e "

    Não, não preciso. E se fosse falar o que você REALMENTE precisa tratar ficaria o resto da noite falando ò.ó Isso se eu fosse falar o urgente, se fosse pra falar tudo...

    "Ah, vc é uma bitch "

    Ah, idem!

    "Eu também não lembrava! Confesso que nem sei mais o que é um macuco o.o"

    KKKKKKKKKKKKK

    "Segundo a nova ou a velha matemática? "

    Seguindo meu guia "Aprenda a Nova Matemática em 700 regras simples (calma, na Nova Matemática os zeros são só de enfeite)" isso não mudou u_u

    "Sim! Deveriam dividir a história da humanidade em Antes da Conversa Épica e Depois da Conversa Épica (aCE/dCE)"

    e_e

    "+1 totaal! Na verdade eu até tenho uma ideia do que a eu do futuro possa achar idiota na eu do passado (atual eu do presente), mas já errei essa previsão algumas vezes."

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    "ASHUHASUHASUHAS ok, o mais bizarro é que seu "+1" ainda é mais significativo do que seu "idem s2" "

    Em vias gerais KKKKKKKKK

    "Sim! Seria completamente engraçado se em 2031 a gente não tivesse mais contato, mas eu me lembrasse disso, pq ia ficar com vontade de dizer: "há! não vou te dar parabéns esse ano porque já dei em 2013", mas não teria como ASHUASHUAHSUAS Tá, não seria engraçado, seria horrível õ.o Preciso me lembrar de não me lembrar disso"

    o.õ

    "*detector de distanciamento emocional apita*"
    "*detector de distanciamento emocional apita loucamente*"

    Não estou ouvindo nada apitar, sua esquizofrênica e___e

    "Agora sabemos! ò.ó/ E é um cara super boring D:"

    Sendo boring conseguiu ser mais famoso que você.

    "Mas talvez todas essas coisas já estivessem "agendadas" para acontecer e aconteceriam de um jeito ou de outro, só que sob outras circunstâncias"

    Tão LOST isso s2s2 Whatever happened, happened e não dá pra mudar nada.

    "Certo, eu amo criar situações hipotéticas e destrinchá-las a fundo, tentando seguir todos os "sentidos lógicos" possíveis, então vou parar por aqui."

    Também vou parar por aqui, já cansei de responder D:

    ResponderExcluir

Oi, queridos! Aqui é seu espaço, podem colocar os pés no sofá.