domingo, 24 de novembro de 2013

Desafio 52 Semanas - Semana 4: Minhas Citações Preferidas



1. "Mas muito mais do que isso, o que me desgosta são as pessoas desprovidas de imaginação. Gente que preencheu esse vazio, esse vácuo deixado pela ausência da imaginação, com a palha da insensibilidade, e anda por aí sem ao menos se dar conta do que aconteceu com eles. Gente que força os outros a aceitar essa insensibilidade fazendo uso de palavras desprovidas de substância. [...] As pessoas podem ser gays, lésbicas, héteros, feministas, fascistas, comunistas, hare krishna, nada disso me importa. Qualquer que seja sua bandeira, não me importa. O que eu considero insuportável são os homens vazios."  - Os homens vazios - T. S. Eliot
2. "Nossa memória é feita de lembranças individuais e coletivas - disse Tengo. - Elas estão intrinsecamente entrelaçadas. A história é a memória coletiva e, quando ela é usurpada ou reescrita, perdemos a capacidade de preservar nossa legítima personalidade." - 1Q84, pág. 358
3. "Pensou seriamente e chegou à seguinte conclusão: na floresta de histórias, independentemente de elucidar as intrínsecas relações entre os fatos, não há como obter uma resposta clara. [...] A finalidade da narrativa, em linhas gerais, é desenvolver um problema colocando-o sob outro parâmetro. Conforme a maneira de se expressar e o sentido dessa colocação, a própria história é que vai sugerir respostas possíveis. Era com essas sugestões em mãos que Tengo voltava para o mundo real. Era como se trouxesse consigo um pedaço de papel com palavras mágicas a serem decifradas. Às vezes essas palavras eram incoerentes e, de imediato, não serviam para nada. Mas, mesmo assim, elas continham uma possibilidade. A de um dia conseguir desvendá-las. Era justamente essa possibilidade, vinda de seu âmago, que lhe aquecia o coração." - 1Q84, pág. 251
 4. "Não era extraordinário  estar viva naquele momento e ser personagem de uma aventura maravilhosa como a vida?" - O Mundo de Sofia, pág. 16
 5. "E assim, de uma hora para outra, seu encarceramento estava terminado. As paredes da cela eram um tecido finíssimo, um ardil da matéria. Dia a dia suas contemplações se aprofundavam, a mente se fundindo com a força da paz, do perdão e da sabedoria que tinha descoberto. Aquilo era Deus, claro, ou poderia ser chamado de Deus. Mas até mesmo isso parecia pequeno demais, uma palavra feita por homens para aquilo que não tinha nome. O mundo não era o mundo, era a expressão de uma realidade mais profunda, assim como a pintura na tela era uma expressão dos pensamentos do artista. E com essa percepção veio o conhecimento de que a jornada de sua vida não estava completa, de que seu verdadeiro propósito ainda estava para ser revelado." - Os Doze, pág.  248
 6. "A grandeza não está em ser forte, mas no uso correto da força... Grande é aquele cuja força conquista mais corações pela atração do próprio coração." - Extraordinário, pág. 305
7. "Meus pés tocam o solo da floresta, leves como os de uma gazela.
Minha mente, clara como a água do poço sagrado.
Meu coração, forte como o grande carvalho.
Meu espírito abre suas asas de águia e alça voo.
Este é o caminho da verdade." - Filha da Floresta, pág. 36

3 comentários:

  1. O único que comenta seus desafios26 de novembro de 2013 03:35

    Mandei no Hotmail. Nem sabia os outros e-mails -.-

    A paz de Cristo!
    Fui.

    ResponderExcluir
  2. É só esse que eu uso mesmo.

    e_e

    e_e

    e_e

    ResponderExcluir
  3. Menos mal, porque eu respondi o e-mail que você mandou.

    Aliás, não comentei esse desafio por motivos consideravelmente óbvios, você não escreveu nada de verdade.

    E nem falei nada sobre o desafio ser fácil porque sempre acabo esquecendo mas aí vai: O desafio é fácil em si é fácil, difícil é levá-lo por 52 semanas, ou seja, praticamente um ano. Mesmo sendo uma vez por semana, é lembrar de vir aqui toda semana pra postar isso em um ano e_e

    e_e

    e_e

    e_e

    e_e

    ResponderExcluir

Oi, queridos! Aqui é seu espaço, podem colocar os pés no sofá.